Total de visualizações de página

Pesquisar este blog

quarta-feira, 7 de dezembro de 2011

Girias usadas pelos detentos.

A boa: Maconha de boa qualidade.
Abraçar a bronca: Assumir a culpa de outros.
Achanã: Cigarro, careta.
Agendar: Transar (sexo).
Alibã: Polícia.
Âncora: Gancho de ferro.
Anojar: Incomodar, elemento pegajoso.
Anzol: Seringa hipodérmica.
Arpão: Seringa hipodérmica
Arrego: Favorecimento mediante propina, ceder a um cardo.
Assou: Foi identificado, flagrado.
A mentirosa: Zero hora.
Abrir: Fugir, fazer o sujeito falar sob tortura.
Adeva: Advogado.
Ageum: Conversa.
Aliviar: Sair fora.
Andróide: Pessoa guiada, robô.
Antena: O preso está espreitando.
Apertar: Atirar com arma contra alguém.
Arrepiar: Impor, medo, terror, surrar.
Artigo 121 ou 123: Não apresentar as características malandras do prazo.
Atracar: Abordar, invadir.
Azuelar: Azular, roubar o companheiro.
Blindão (sujão) – o agente honesto (sem parada).
Boi – lugar onde fazem as necessidades fisiológicas.
Bondão – muitos agentes ou policiais.
Buque(buck) – isolamento, castigo.
Bodiando: Dormindo.
Bolo: Confusão, encrenca, problema.
Brilho: Cocaína.
Bruxa: Paranga de maconha.
Bagulho: Mercadorias, objetos, pertences.
Bailou: Entrou preso.
Baixar o preso: Matar o preso.
Barão: Mil reais.
Batalhar: Prostituir, trabalhar duro.
Bicuda: Faca.
Biru: Cigarro, achanã, careta.
Bixo D’Água: Serra.
Bobo: Relógio.
Boca Larga: Revólver, pistola, arma de fogo.
Boca sujeira: Local muito arriscado, com freqüente presença policial.
Bola cheia: Pessoa maioral, que está com tudo, é o cara.
Bolou: Elaborar um plano.
Bronca: Crime cometido, problema de ordem legal ou disciplinar.
Cafofo – lugar onde esconde drogas, celulares e armas.
CFA – cigarro de filtro amarelo (maconha).
CFB – cigarro de filtro branco (cocaína).
Coletivo – presos da unidade prisional (massa carcerária).
Comarca – cama.
Comédia – preso que comete crime sem expressão, crime de pouco valor econômico, vacilão(vacilação).
Comissão – grupo de presos que representa o coletivo
Contar – conferir a cadeia.
Cupicha – companheiro.
Cabeça de lata: É o robô, cabeça guiada.
Concha: Tapa na orelha.
Carango: Automóvel, carreta, carro.
Carreirinha: Filete de cocaína para cheirar.
Chamar para a pedra: Colocar no castigo.
Chupar bala: Estar distraído.
Coelho: R$10
Corujando: Observando.
Cagüetar: Denunciar.
Caído: Estar por baixo, má fase.
Cana: Detenção.
Cano: Arma de fogo, revólver, pistola.
Carango: Automóvel, carreta, carro.
Carreirinha: Filete de cocaína para cheirar.
Charutinho: Quantidade significativa de dinheiro.
Chupar bala: Estar distraído.
Da boca – da mesma localidade ou da boca de fumo(tráfico de entorpecente).
Desenrolar – resolver da melhor maneira.
Desfalecimento – morto(querem falar falecimento).
Dá roupa: Estar acobertando um malandro.
Dar: Indicar o paradeiro, caguetar.
Delegacia: Conselho disciplinar.
Dá roupa: Estar acobertando um malandro.
Dar: Indicar o paradeiro, caguetar.
Delegacia: Conselho disciplinar.
Dá roupa: Estar acobertando um malandro.
Dar: Indicar o paradeiro, caguetar.
Delegacia: Conselho disciplinar.
É um sono: Pessoa que cria dificuldades, atrapalha os demais.
Empilhado: Vários crimes, muita bronca.
Entortar: Fumar, drogar.
Está em surto: Preso que apresenta distúrbios mentais.
Fazer uma limpeza ou faxina: Ordem de morte ou transferência de preso.
Funcionário – como os presos chamam os agentes penitenciários.
Geral – revistar as celas.
Garoto – homossexual.
Gran bell – telefone.
Isolamento – cela onde o preso cumpre o castigo, por cometer alguma indisciplina.
Já é – neste momento, agora.
Kiling (quiling) – preso que rouba dentro da cadeia.
Laô – comida(refeição do preso) ou briosa (quentinha).
Ligação – preso que faz compra na cantina para o coletivo.
Lili – liberdade.
Mister M(X-9,triplo X) – alcagüete, delator.
Olheiro – que vigia a cela para ver quando vem os agentes.
Parada – ato ilícito dentro da cadeia.
Papo reto – falar a verdade.
Presidente – o preso de maior patente dentro da cadeia.
Seguro – preso ameaçado de morte pelo coletivo(fica numa cela de segurança).
Sol – banho de sol(tem direito o preso por 2hs na semana).
Tia – parente do preso (como é chamada a mulher e a mãe do preso).
Tatu – preso que cava túnel.
Xerife – o preso responsável pela cela

21 comentários:

  1. So serve pra vagabundo..
    Por exemplo"
    Arrombado: e Quele que comete crime ao envez de trabalhar e quando roda coloca a familha toda em desispero...
    Isso e malandragen entra e sai da cadeia ...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nada a ver filho da xuxa , vai puxa um educandario pa tu ver

      Excluir
  2. a linguagem coloquial (Gírias) fazem parte do nosso cotidiano, cerca de 99% se não 100% da nossa conversa no dia a dia é informal e não é eu que estou falando isso, já foi comprovado cientificamente só pesquisar, todos nós em algum momento falamos Gírias, ai esse anônimo ai de cima vem e fala que gírias é só malandro, bandido que fala.

    ResponderExcluir
  3. Gostei, bem fiel e informativo. O cupincha deu o papo reto aqui pra malandragem! :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Desse modelo meu mlk tmj zika
      Pesado sem massagen sem pano
      Pra safado duzentão aqui passa mal. é nos poow vou de jega até mas qualquer coisa encosta na placa pdc homi

      Excluir
  4. frases do alexandre

    ResponderExcluir
  5. " cole ! acende uma tereza e me passa um careta aê qq eu to indo pro boi "
    - " talves agora eu sou seu androide né" ?
    " - jaer , quando mandarem jato pro cc vou receber porra nenhuma nn "
    " cala bola se nn vai levar uma concha ! "
    " a lili cantttou , flw barraco ! "
    KKKKKKKKKKK

    ResponderExcluir
  6. Primeiramente um forte abraço da parte do companheiro juninho . Então rapaziada essas palavras não querem dizer nada dentro de uma cadeia,oque vale dentro de uma cadeia ,pode ser onde for .falar menos ouvir ouvir mais e observa mais . Palavras sim sao usada para quem puxa o sistema as veses muitos dos companheiro e ermaos ,iso e pelo fato para quem tem uns dia para puxá . Mais tem muitos achando legal fica falando asim sendo que o caráter do homem não é ser oque não pode . Reflitam tem muitos que são e tem outros que querem ser e não tem uma menti aberta ou seja não serve ,e fica se achando em qualquer lugar sendo que não é nada . Quem é não chama a atenção . Fica a dica mais como éo digo pra quem gosta as palavras ajudam a quem quiser aprende .

    ResponderExcluir
  7. Primeiramente um salve pros irmãos dentro e fora da cadeia, essas palavras são um modo de se identificar sem q a polícia tenha ideia do que seja. Palavras para facilitar as idéias que são ditas em gírias, códigos etc. E muitas palavras aí nada a vê...

    ResponderExcluir
  8. Primeiramente um salve pros irmãos dentro e fora da cadeia, essas palavras são um modo de se identificar sem q a polícia tenha ideia do que seja. Palavras para facilitar as idéias que são ditas em gírias, códigos etc. E muitas palavras aí nada a vê...

    ResponderExcluir
  9. cole fui de jegua mano

    ResponderExcluir
  10. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  11. Copiou isso da rede globo que besteira ... só quem passou por lá sabe o que acontece ... fale apenas do que você sabe ..Não vá de embalo não vagabundo.

    ResponderExcluir
  12. Não tem nada de gírias de aí nessa lista, cadê a tereza? O bunda? O maringa? O moca? O marrocos? O táxi? O cafofo de mil?

    ResponderExcluir