Total de visualizações de página

Pesquisar este blog

quinta-feira, 14 de abril de 2011

Gíria do amor

Brother, aí se você me desse a mão,

Seria uma curtição pelo mundo,

Seria uma big emoção!

Botar o pé na estrada até o fundo.

Se ligar num alto astral,

Andar sem rumo e sem documento,

Zoar seria legal,

Dar um rolê seria nosso intento.

Pensei em bater um fio, gata,

Porém achei melhor ficar na moral,

Sem bater um lero na lata,

E agora, tô mal.

Não creio que eu tenha vacilado,

Foi uma fria que me meti,

Não sou um cara safado,

Desceu a lenha, eu senti.

Dá vontade de rasgar,

A lição me deixou cabuloso,

Passou pelo meu cabeção largar,

Mas o nosso love é mais gostoso.

Deixe rolar o sentimento,

Não sou um mané qualquer,

Dar um mix seria um alento,

Ir de busão ou carrango, o que véi quer?

Bote na sua moleira que aprendi a lição,

Não cantarei de galo, sacô,

Não lavarei bronca por traição,

A porrada me mostrou.

Poderei pegar o beco,

Ficar grilado não tem nada a ver,

Torna-nos um mala perfeito,

Ficar na manha deve prevalecer.

Botar fé é se amarrar,

Tirar onda é só ficar,

A saída é se ligar,

O right é se amar.

3 comentários: