Total de visualizações de página

Pesquisar este blog

domingo, 30 de maio de 2010

Gírias de Capoeira

Cambar – Passar de um partido para outro (também significa, mudar de grupo)
Arriar – Deixar de praticar a capoeira.
Distorcer – Disfarçar.
Tungár –Ferir o inimigo.
Trastejar – Dar um golpe falso (finta).
Sardinha – Navalha.
Moquete – Marreta.
Banho de fumaça – Tombo.
Grampear – Pegar o adversário a unha.
Pegada – Encontro de dois partidos (ou grupos) inimigos.
Marcha – A procura de um inimigo.
Carrapeta – Pequeno, esperto e audacioso.
Bramar – Gritar o nome da província ou casa que pertencia.
Senhora da cadeira – Sant’Ana.
Velho carpinteiro – São José.
Velho cansado – São Francisco.
Senhora da palma – Santa Rita.
Espada – N.S. ª da Lapa.
Sarandage – Pequenos capoeiras, miuçalha.
Mole – Covarde.
Chifrada – Cabeçada.
Marrada – Cabeçada.
Bracear – Trocar pancadas de braço.
Melado – Sangue.
Firma! – Mesmo que “não foge!”
Caveira no espelho – Cabeçada no rosto.
Cheira topete – Cabeçada no nariz.
Lamparina – Bofetada.
Está pronto – Mesmo que “está feito”.
Rujão – Batalhão ou sociedade.
Roda! – Mesmo que vamos embora!
Desgalhar – Fugir da policia.
Os Homens – A polícia.
Jangada – Xadrez de polícia.
Palácio de cristal – Casa de detenção.
Chácara – Casa de correção.
Fortaleza – Capela, taverna etc.
Piaba – Capoeira sem valor.
É direito! – Mesmo que “é destemido!”
Bisonho – Sem experiência.
Quebra a cana! – Mesmo que “bate nas pernas!”
Furar o bolo – Dedilhada nos olhos.
Cangüete – Dedo duro.
Chicotão – Linguarudo.
Traíra – Capoeirista falso.
Dar um esquenta – Mesmo que “dar um aperto”.
Atirado ou Tirado – Ousado
Cutucar – Atiçar.
Mandinga – Malandragem, falsidade, fintar, marcar, brincar.
Bagagem – Conhecimento.
Macaco velho – Experiente.
Ferro – Faca, punhal etc.
Pau de fogo – Arma de fogo.
Cacubo – Faca velha, enferrujada e sem cabo.
Caxirenguéngue – Mesmo que cacubo.
Faca de tucum – Faca feita com fibra de tucum, para se abrir corpo fechado.
Verga – Madeira para se fazer o berimbau.
Baqueta – Madeira com que se toca o berimbau.
Petrópolis – Bengala usada pelos antigos Capoeiristas.
Maria capoeira ou Maria roda – Mulheres que só ficam (namoram) com capoeiristas.
Entrar no aço - Entrar na roda. Isto é dito, devido ao mestre Bimba, quando vivo, dizer para os seus alunos que iriam jogar pela primeira vez. Diz-se entrar no aço, por causa do arame de aço do berimbau.
Sarobeiro - Capoeirista sem valor, que só sabe saltar e fazer movimentos

2 comentários: